Atitudes subjetivas e objetivas de humanização do cuidado ao paciente de estudantes e professores de medicina.

Mariana Franco Ribeiro de Oliveira, Ivete Palmira Sanson Zagonel, Milena Binhame Albini Martini, Márcio José de Almeida

Resumo


O estudo utilizou o método de pesquisa-participante, com abordagem qualitativa, na análise das atitudes subjetivas e objetivas de cuidado, de estudantes e professores de medicina, de uma universidade de Curitiba. Utilizou-se a observação de aulas teóricas e práticas, das disciplinas
de Saúde Coletiva, com um roteiro predefinido, o qual incluiu: ambientes e cenas de ensino; relacionamento interpessoal; atitudes subjetivas e objetivas de humanização em saúde no cuidado; atitudes nos ambientes de ensino. As observações demonstraram que os ambientes e cenas de ensino utilizados são variados e predispõem a um aprendizado amplo e com conhecimento integral do Sistema de Saúde; há um direcionamento das práticas para a aquisição de habilidades relacionais e de cuidado centrado no paciente; e que a maior parte das disciplinas se preocupa com o desenvolvimento de habilidades de humanização que modifiquem a atuação do médico atual, pautada na segregação das especialidades e no atendimento hospitalar.

 


Palavras-chave


Educação Médica. Ensino. Ciências Humanas. Saúde Coletiva. Avaliação Educacional

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

 Espaço para a Saúde 
Av. Iguaçu, 333 . Rebouças
Curitiba/PR Brasil
CEP: 80230-020
Tel: +55 (41) 33101500

Email: espaco-saude@fpp.edu.br
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional