ABSENTEÍSMO DE PROFISSIONAIS DA ENFERMAGEM QUE TRABALHAM NA REDE HOSPITALAR: REVISÃO INTEGRATIVA DA LITERATURA.

Raphael Raniere de Oliveira Costa, Marcelly Santos Cossi, Allyne Fortes Vitor, Ana Luisa Brandão de Carvalho Lira, Soraya Maria de Medeiros, Cleonice Andréa Alves Cavalcante

Resumo


O absenteísmo trata-se da frequência ou duração do tempo de trabalho perdido quando os profissionais se ausentam deste e corresponde às faltas quando se esperava a presença daqueles. No âmbito da saúde, a Enfermagem representa o maior quantitativo de profissionais nas instituições hospitalares, sendo o conjunto de trabalhadores que mais sofre com a inadequada condição de trabalho, tornando o absenteísmo um problema relevante. O estudo teve como objetivo sintetizar o estado da arte sobre absenteísmo de profissionais da Enfermagem que trabalham na rede hospitalar em publicações dos últimos dez anos. Estudo do tipo revisão integrativa da literatura, desenvolvido no período de junho a julho de 2013 nas bases Scientific Eletronic Library Online (SciELO); Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS); Cumulative Index to Nursing and Allied Health (CINAHL); Scopus e PubMed. Foram identificados e incluídos cinco artigos que atenderam aos critérios de inclusão na pesquisa. As variáveis identificadas relacionadas ao absenteísmo, segundo os resultados dos artigos científicos analisados, foram agrupadas em três categorias, sendo caracterização da unidade hospitalar; tempo de afastamento do trabalho e causas do absenteísmo. As variáveis identificadas relacionadas ao absenteísmo referem-se à maior ocorrência de afastamento, por causas diversas, por parte de técnicos de Enfermagem e menor em enfermeiros, entretanto as doenças osteomusculares e doenças respiratórias ganham destaque entre estas causas. Além disso, verificou-se que as condições de trabalho são um elemento contribuinte para o afastamento.


Palavras-chave


Absenteísmo. Enfermagem. Saúde do trabalhador. Recursos Humanos de Enfermagem

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22421/1517-7130.2014v15n3p65

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

 Espaço para a Saúde 
Av. Iguaçu, 333 . Rebouças
Curitiba/PR Brasil
CEP: 80230-020
Tel: +55 (41) 33101500

Email: espaco-saude@fpp.edu.br
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional