ACOLHIMENTO COMO ESTRATÉGIA PARA HUMANIZAR A RELAÇÃO MÉDICO-PACIENTE

Maria de Fátima Oliveira dos Santos, Solange de Fátima Geraldo da Costa, Maria das Graças Melo Fernandes

Resumo


Este trabalho teve como objetivo investigar a compreensão de médicos anestesiologistas a respeito da prática do acolhimento e averiguar como os anestesiologistas percebem o acolhimento na sua prática profissional. Trata-se de um estudo, exploratório descritivo, com abordagem qualitativa,  realizado no Hospital Universitário Lauro Wanderley (HULW), da Universidade Federal da Paraíba. A amostra foi composta por dezesseis médicos anestesiologistas. Os dados empíricos foram coletados por através da técnica de entrevista, durante os meses de setembro e outubro de 2010. O estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa do HULW. As informações obtidas foram analisadas por meio da abordagem qualitativa à luz da técnica do Discurso do Sujeito Coletivo. Em resposta a questão referente à compreensão dos sujeitos do estudo sobre o acolhimento, observaram-se duas ideias centrais: receber o paciente de forma humanizada e a humanização da relação médico-paciente. Quanto à percepção dos médicos sobre o acolhimento na sua prática profissional, esses nortearam suas falas em torno das seguintes ideias centrais: uma ação importante para qualificar a assistência médica e uma prática que precisa ser melhorada. Considerando a visão dos anestesiologistas acerca do acolhimento como estratégia para humanizar a relação médico e usuário do Sistema Único de Saúde, o discurso dos anestesiologistas revelou que estes acham a prática do acolhimento uma abordagem holística do paciente, bem como uma estratégia que melhora a relação médico-paciente. Considera-se a necessidade de aprimorar o acolhimento de modo a favorecer a humanização para transformar as práticas do cuidado em saúde.


Palavras-chave


Acolhimento; Humanização; Anestesiologia

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22421/1517-7130.2011v13n1p66

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

 Espaço para a Saúde 
Av. Iguaçu, 333 . Rebouças
Curitiba/PR Brasil
CEP: 80230-020
Tel: +55 (41) 33101500

Email: espaco-saude@fpp.edu.br
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional