INFLUÊNCIAS SOCIAIS NO PROCESSO DO ALEITAR: PERCEPÇÕES DAS MÃES

Larissa Emanuelle Alves da Silva Torres, José Renato Paulino de Sales, Mônica Cecília Pimentel de Melo, Rodrigo Nonato Coelho Mendes, Claudelí Mistura

Resumo


O estudo objetivou analisar as influências sociais no processo do aleitar, sob a ótica das mães, cadastrada em uma Estratégia de Saúde da Família em Juazeiro – BA. Pesquisa com abordagem qualitativa de caráter exploratório e descritivo. Realizaram-se onze entrevistas semiestruturadas. Com a análise das entrevistas emergiram três categorias, as quais foram subdivididas para uma melhor exploração do tema. Constatou-se que a percepção materna quanto às influências sofridas durante a amamentação nem sempre foi vista como algo favorável ao ato de amamentar, resultando muitas vezes, na introdução de outros alimentos antes da criança completar seis meses de vida, entretanto, algumas mães encararam isso como um fator positivo, atribuído à experiência e ao saber das pessoas mais velhas. A promoção, a proteção e o apoio ao aleitamento materno devem ocorrer ainda durante a gestação, valorizando também os aspectos de inserção social desta mulher/mãe.


Palavras-chave


Aleitamento Materno; Meio social; Desmame

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22421/1517-7130.2014v15n1p25

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

 Espaço para a Saúde 
Av. Iguaçu, 333 . Rebouças
Curitiba/PR Brasil
CEP: 80230-020
Tel: +55 (41) 33101500

Email: espaco-saude@fpp.edu.br
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional